quarta-feira, maio 09, 2012

Algumas coisas sobre mim...

Hoje estava me autoanalisando, na verdade sou bem dificil de receber críticas, acabo sendo agressiva, mas uma coisa que descobri ao longo destes quase 30 anos é que me faz muito bem parar e me enxergar: como sou, entender minhas atitudes, ideologias... na realidade vivo em busca de porques... Então, gostaria de compartilhar algumas coisas que descobri sobre mim...
Primeiro: sou uma pessoas extremamente controladora, preciso ter o controle de tudo, mandona mesmo, não tenho vergonha de admitir isto, até porque só percebi que consigo viver feliz quando perdi isto, o controle, e a unica coisa que me fez perder meu controle foi o fato de ser mãe. Amo desafios, o dificil nunca me assustou, porque sempre soube onde procurar, só que este fato de ser mãe... isto não existe onde a gente procurar, a gente não sabe qual é o certo ou errado, até porque não existe... e é isto que me assustou, o fato de que ser mãe é uma descoberta diária, aliás por segundo, a gente não consegue programar, não consegue determinar, não dá... Não é como organizar a agenda e programar o dia que virá... isto também aprendi, tem que relaxar e fo... isto mesmo... não adianta, mesmo que vc tente fazer tudo do melhor, tu erra, e dai é pior, porque tu fica com aquele sentimento: "onde foi que eu errei", mas essa é a unica pergunta que não tem resposta, quando se trata de ser mãe.
Bom, outra coisa que é nítido em mim é o fato de eu querer fazer tudo o contrário que todo mundo faz: por exemplo, odeio croché. Todo mundo diz que mulher adora conversar de croché, macramê, paninhos de decoração pra cozinha, a roupa da moda. Eu não vejo o menor sentido e graça. sempre gostei da rodinha dos homens em que eles bebem e falam merda... isto é tri, claro que vc que esta lendo já pensou: "nossa como ela é birrenta" Pois é, já me convenci disto, sou mesmo... e por isto escolhi ser técnica em tratamento de efluentes (vc se pergunta: o que é isso???), é ai que tá, ninguem conhece. Escolhi uma profissão que muitíssimas poucas mulheres trabalham. Poderia ter feito química e estar num laboratório. Que nada isto é facil demais... queria fazer o que poucos fazem... e ai a surpresa... Sou completamente apaixonada pelo que faço... hoje mesmo, visitei um aterro industrial ( meu Deus o que é isso? vai pro google....) simplesmente achei a coisa mais linda do mundo, depois dos meus filhos.... Fiquei simplesmente maravilhada... ai se tu conhece um aterro a primeira coisa que alguem me diria era: "Tu é louca, aquilo é antiecológico, é passivo ambiental, é problema". Eu sei, mas temos que admitir, é um empreendimento espetacular.... Juro pelo sol que nos ilumina que parecia que estava vendo uma paisagem linda, exuberante... e isto ninguem entende...
O que tenho certeza sobre mim é que preciso ser desafiada diariariamente, preciso ter problemas a solucionar, o cotidiano e a mesmice me entendiam e me deprimem.... Ah, isto é outra caracteristica, tenho esta tendencia deprimida e suicida... por isto preciso de motivação diaria e só assim, com meu trabalho, com meu jeito de viver meio torto é que me permite não estar neste estado deprimente....

Bom... que me lembro neste momento é isto....

domingo, maio 06, 2012

Mandamentos do irmão mais novo....

Adorei, roubei de um blog maravilhoso... "Dilemas de uma mãe sem manual"...

1- Herdarás não só os brinquedos, as roupas, os utensilhos do irmão mais velho, bem como todas as viroses, infecções bacterianas e ziqueziras adquiridas na escolinha, no parque ou na pracinha. E seus pais terão que se virar nos 30 para cuidar de dois doentes ao mesmo tempo, com um pequeno intervalo de 2 dias, e darem-se por satisfeitos caso a zique-zira não se abata sobre eles e os empregados da casa também;
2-Tomarás croques, socos, beliscões e lambidas (tudo sem querer) do irmão mais velho e não chorarás;
3-Nunca terás uma bicicleta nova porque SEMPRE a bicicleta do seu irmão mais velho que não servir mais passará para você, acostume-se;
4-Terás um ídolo por toda a vida (ou pelo menos pela primeira parte da sua vida) que será seu irmão mais velho, aquele que desbrava o mundo e você vai seguindo as pegadas que ele já deixou;
5-Dividirás a mãe, o pai, os brinquedos, a babá, e todas as suas coisas com o irmão mais velho numa boa, porque você é um ser evoluído no quesito dividir, uma vez que já chegou dividindo e nem sabe como é ser o único;
6-Terás todo conforto possível nas suas vestimentas, porque sua mãe já cometeu todos os erros de usar calças de alfaiataria, camisas e sapatos em um bebê de 3 meses, com o seu irmão;
7-Não terás fotos de TODOS os seus momentos registrados, só dos mais importantes e na maioria das vezes você terá companhia do seu irmão mais velho nas fotos;
8-Comerás tudo o que quiseres na idade que quiseres pois sua mãe já tentou fazer tudo certo com o seu irmão e agora com você ela só tem a pretensão de que você se alimente, afinal ela sabe que vai dar tudo certo;
9-Terás uma mãe muito melhor e mais relaxada pois de novo ela já cometeu muitos erros com o seu irmão mais velho e também já quebrou tabus e medos com ele, sobrando para você uma mãe mais experiente, mais tranquila, mais relaxada e mais feliz.
10-Jamais brigarás com seu irmão, pois tudo o que sua mãe espera na vida de você é que você e ele sejam os melhores amigos que já existiram em todas as galáxias nebulosas, portanto meu amado segundo filho, filho mais novo, meu caçula, pequeno buda, rei dos meus pensamentos, seja sempre esse menino bonzinho, amado, gargalhante, observador, balbuciador, sentante, esperto, querido com o seu irmão porque ele será seu melhor amigo por toda vida. E que sorte vocês tem de ter um ao outro....
Principalmente o tópico 10, pois rezo diariamente para que os dois sejam parceiros e amigos, sempre.....

sábado, maio 05, 2012

Poesia inspiradora

"Senhor, torna-me louco....
Irremediavelmente louco.
Como os poetas sem palavras para seus poemas,
Como as mulheres possuídas pelo amor proíbido,
os suidcidas repletos de coragem perante o medo de viver,
Como os amantes que fazem do corpo a explosão da alma...

Dá-me Senhor, o dom fascinante da loucura,
impregnado na face miserável do pobre de Assis,
Contido nos filmes dionisíacos de Fellini,
Resplandecentes nas telas policrônicas de Van Gogh
Presente na luta inglória de Lâmpião...

Quero a loucura explosiva,
Sem a amargura da razão ética,
das pessoas saciadas à noite pela TV,
Da satisfação dos funcionários fabricantes de relatórios...

Faze de mim Senhor, um louco marginalizado,
do rol de homens sérios.
Para poder aprender a ciência di povo,
Em núpcias com a cruz que só a Fé entende...
Como um louco a outro louco..."

Frei Betto.